O amor sem limites


“Depois disse Labão Jacó: Por que és meu irmão me servirá de graça? Declara-me qual será o teu salário. Labão tinha duas filhas: o nome da mais velha era Leia a da menor Raquel. Leia porém, tinha olhos tenros, mas Raquel era formosa à vista. E Jacó amava a Raquel e disse: Sete anos te servirei por Raquel, tua filha menor ... Assim serviu Jacó sete anos pro Raquel; e foram aos seus olhos como poucos dias, pelo muito que o amava.”

Gn. 29.16-18,20



Amor uma palavra confundida por muitos mais que poucos conseguem realmente viver. M. Paglia diz que: “Amar não se conjuga no passado se ama para sempre ou nunca amou de verdade.” Para entendermos a palavra nada mais justo que pegar um conceito básico. Segundo alguns dicionários definem a palavra amor como: “Sentimento que impele as pessoas para o que se lhes afigura belo, digno ou grandioso. Afeição, grande amizade.” Partindo desse conceito comum a palavra amor, vemos que o amor acima de tudo é um sentimento afeição, carinho, respeito e querer o bem de uma pessoa.
Jacó um estranho em uma terra completamente diferente da que ele estava acostumado a viver.Encontrava-se sozinho não sabendo ao certo o que seria de sua vida encontra seu tio Labão o qual o acolhe e oferece abrigo. Jacó não poderia de maneira nenhuma, imaginar que na terra distante iria encontrar o seu amor. Não temos informação do que Jacó sofreu e passou durante os setes primeiros anos trabalhando para ter a mão de sua amada. A bíblia deixa claro que os sete anos foram como poucos dias para Jacó (Gn. 29.20). E de se imaginar após o termino dos anos como Jacó deveria estar se sentindo alegre, por finalmente poder, ter a pessoa amada perto, poder construir uma família, ter filhos e dar inicio a promessa feita a seu avô Abraão (Gn. 12.2).
Mas a provável alegria de Jacó, teria um final triste ao termino da sua festa de casamento. Quem diria na hora das núpcias sua esposa não estar esperando, estando outra pessoa no lugar dela, Labão agindo de má fé com Jacó ou realmente agindo conforme os costumes da terra, de primeiro casar a primogênita (Gn 29.23-26). Jacó ao acordar pela manha e vê Leia no lugar de sua amada, Jacó poderia ter tomado várias atitudes. Jacó tinha passado sete anos de sua vida servindo ao seu agora sogro Labão, praticamente em vão, sem ter no final o seu merecido salário.

As escolhas de Jacó



Após ser enganado pelo seu agora sogro, Jacó tinha duas escolhas a fazer todas as duas teriam decisões diferentes na vida dele. A primeira: Jacó poderia se conforma já tinha uma companheira. Poderia constituir a sua família, viver feliz poder cumprir a promessa de Deus ao seu avô Abraão. Um antigo ditado diz que para esquecer um grande amor, somente um outro grande amor, mas uma vez a pequena palavra de quatro letras. Jacó poderia muito bem tentar esquecer o seu sentimento que tinha por Raquel, e viver feliz com Leia. Mas voltando de novo ao conceito posto antes da palavra: “Sentimento que impele as pessoas para o que se lhes afigura belo, digno ou grandioso. Afeição, grande amizade”. Já escutei varias pessoas comentarem eu não quero uma pessoa que seja feia do meu lado, uma gorda e outras coisas. E certo que Leia tinha olhos tenros, isso possa ter sido o motivo que levou Jacó a dar mais atenção a Raquel já que a mesma era formosa a vista (Gn. 29.17). A maioria das vezes nós não entendemos, não compreendemos por que temos afeição, carinho por uma pessoa. Chegar a ser inexplicável, mas certo de que queremos a pessoa ao nosso lado.

A segunda escolha: Jacó poderia muito bem devolver Leia bastava encontrar uma falha em Leia as leis para o divórcio no oriente médio eram muito simples e de fácil opção de escolha. Podemos crer que Labão não deu Raquel em casamento primeiramente a Jacó com medo de perder a sua filha, já que era de costume a mulher viver juntamente com a família de seu esposo. Ora a astúcia de Labão foi muito boa conseguiu convencer Jacó que era um costume e ofereceu Raquel por mais sete anos de trabalhos. Labão estava sendo abençoado grandemente por causa da vida de Jacó. Não querendo perder a sua fonte benção, Labão faz um outro pacto com Jacó de dar Raquel em casamento a Jacó (Gn29. 27). O verdadeiro amor faz você superar limites, suportar tudo. Jacó suportou 14 anos para conseguir estar ao lado de quem ele amava.

Jesus o maior exemplo de Amor sem limites

O amor maior do mundo não pode ser imitado, a grande prova da grandeza e do amor de Deus está escrito em João 3.16. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para todo aquele que nEle crê não pereça mas tenha a VIDA ETERNA”. A promessa e o amor de Deus, feita nos tempos de Adão, vinha a se cumprir, provando a grandeza de Deus (Gn 3.15) nos dias do império romano. A morte de Jesus e o amor de Deus superaram limites, nenhum ser do mundo entregaria o seu próprio filho para morrer por um mundo que Ele não criou. Toda criação é amada por seu criador, Deus formou e conheceu pessoalmente.
A história contada nas páginas da bíblia demonstra um grande amor de um Deus criador e amoroso. Ora vejamos o amor ágape, assim conhecido sendo o amor de Deus para com as pessoas,supera gerações e João 17 a oração sacerdotal de Jesus estava muito além dos doze discípulos a oração sacerdotal de Jesus alcançou limites até os nossos dias de hoje. “Eu não oro somente por estes, mas também por aqueles que, pela sua palavra hão de crer em mim” Jo 17.20.

O amor do homem por Deus

O apóstolo Paulo declarou o amor como sendo a coisa mais importante da vida, se não tivesse amor de nada serviria a nossa vida (1 Co 13.1). Paulo um grande homem provou que só através do amor a Cristo os servos de Deus conseguem vitórias, Paulo é a segunda pessoa que mais aparece no velho testamento ficando atrás de Jesus. O amor de Paulo pelos gentios e pela palavra de Deus e mostrado no livro de Atos, a partir do capitulo 9. Ora Paulo teve muitos motivos para deixar o amor que ele tinha por Jesus de lado. Sofreu diversas perseguições, foi preso e morto por causa do amor a Cristo, mas mesmo assim antes da sua morte não nega a Cristo (2 Tm 4.6-8). Paulo afirma que mesmo com as lutas e prisões ele foi um grande homem de Deus e que combateu um bom combate e acabou a carreira e guardou a fé.



BLOG ATUALIZADO


A VERDADEIRA PROSPERIDADE

"Tire as suas dúvidas a respeito de questões polêmicas da bíblia através desse excelente material."

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.